Livros para ficar quietinha em casa! (O Mito da Beleza)


Foto - https://leiamulheres.tumblr.com/post/182295417567/o-mito-da-beleza-naomi-wolf-a-beleza-%C3%A9-uma


Que alegria poder partilhar com vocês esta sugestão de leitura e em uma época bem oportuna. Na Gineterapia o arquétipo da menina nos ajuda a cortar projeções com sua espada mágica e a Naomi Wolf faz isto mesmo em seu livro “O Mito da Beleza”.


O “Mito da Beleza” foi lançado a primeira vez em 1991, uma época onde as pautas voltadas para diversidade começaram a ganhar o mundo!


Mas o que é o mito da beleza?


Para Wolf, a beleza ser considerada uma qualidade fundamental, estimula disputas entre as mulheres e as aprisionam, pois passam a vida em busca de um ideal inalcançável.


Hoje as mulheres têm mais consciência dos seus direitos e do seu poder pessoal, mas ainda assim, na perspectiva da Wolf, o mito da beleza persiste nas relações entre as mulheres e ainda estimula muitas à perseguir um corpo perfeito. Valorizar as mulheres de acordo com a aparência serve a dois propósitos ao econômico, para aumentar cada vez mais o consumo de produtos de beleza e ao político, pois enfraquece as mulheres na representação política e controlar suas relações e posições no mercado de trabalho.


Inconscientemente ainda reproduzimos discursos sobre aparência, julgamos através dela e julgamos principalmente a nós mesmas, além de que muitas ainda se sujeitam a seguir o que o homem gosta ou não gosta em uma mulher!


Para você entender o que a Wolf quer dizer podemos citar, por exemplo, o estereótipo da mulher feminista. Nós já cansamos de ouvir que a mulher feminista é feia, não se depila, que os homens não gostam delas, isto tudo para descredibiliza a fala de mulheres que se posicionam contra o machismo e o seu pai, o patriarcado!


E aí analisando isto fica claro que a sociedade separa as mulheres em certas e erradas, as que se maquiam, depilam e usam roupas mais compridas são certas e as outras são as “Zuadas”.


A gente precisa então defender e lutar para a mulher ter a aparência que ela deseja ter, “e o que ela deseja ser, em vez de obedecer ao que impõem as forças do mercado e a indústria multibilionária da propaganda”


Te convido então para colocar o “Mito da Beleza” em sua lista de leitura, fazer esta reflexão aproveitando a energia da menina e cortar algumas projeções que a sociedade capitalista e patriarcal criou para o seu corpo!


Me despeço de você e até que voltemos a nos encontrar, que a Deusa te sustente suavemente na palma da sua mão!


Colaboradora -Thalita Ferreira, texto escrito em Beltane, na Lua nova - Porto, Portugal


22 visualizações